Laboratório Nacional
de Luz Síncrotron

English

DXAS

VOLTAR

TÉCNICAS DISPONÍVEIS


As técnicas e configurações experimentais a seguir estão disponíveis nesta linha de luz. Para saber mais sobre as limitações e requerimentos das técnicas, contate o coordenador da linha de luz antes de submeter sua proposta.

 

XAS - ESPECTROSCOPIA DE ABSORÇÃO DE RAIOS X


XAS é uma técnica amplamente usada para determinar a geometria local em escala atômica e/ou a estrutura eletrônica da matéria. Ela provê informações sobre um elemento específico, e é altamente eficaz em estabelecer relações entre as propriedades e a estrutura de qualquer material.

 

Configuração: Medidas de XAS com resolução temporal em transmissão.

Esta configuração é otimizada para medidas, com resolução temporal, em transmissão com amostras homogêneas. A alta penetração dos raios-X duros permite trabalhar com uma variedade de amostras e ambientes de amostras a fim de realizar experimentos in situ ou mesmo operando, que são chave para um melhor entendimento dos materiais. Apenas medidas em transmissão estão disponíveis na DXAS, e os experimentos devem se ajustar a esta restrição. É possível obter uma resolução de milissegundos dependendo da amostra e do ambiente de amostra.

 

XMCD - DICROÍSMO MAGNÉTICO CIRCULAR DE RAIOS X


A técnica de XMCD é usada para determinar o elemento e as propriedades magnéticas orbitais e de spin de um material como função das condições de ambiente da amostra (temperatura, pressão, campo magnético aplicado).

 

Configuração: XMCD em transmissão

Esta configuração é otimizada para detecção, em modo de transmissão, do sinal de XMCD. A amostra está dentro de um criostato, que permite temperaturas entre 20 e 300 K, e entre os polos de um eletroímã, com campos de até 1 T.  Células de bigornas, para experimentos em altas pressões de até 50 GPa, podem ser utilizadas.

 

 

Configuração: XMCD em modo de refletividade

Esta configuração é otimizada para detecção do sinal dicroico, no modo de refletividade, em amostras de filmes finos. A amostra está entre os polos de um eletroímã com campos de até 1 T.