Laboratório Nacional
de Luz Síncrotron

English

NOTÍCIAS

VOLTAR

 

 

Novo edital para empresas interessadas em participar do projeto Sirius

Uma nova chamada de propostas para seleção pública de empresas paulistas interessadas em participar do desenvolvimento da futura fonte de luz síncrotron brasileira, Sirius, foi aberta pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

LEIA MAIS

Plantas tradicionais para o tratamento antiofídico

Em comunidades tradicionais e indígenas, preparados de plantas são usadas para o tratamento de diversas enfermidades e descobertos através dos anos por tentativa e erro, ou, na prática, por sobrevivência e morte.

Os compostos ativos ali presentes têm despertado o interesse da comunidade médica e científica, especialmente para o tratamento de moléstias negligenciadas das regiões tropicais, incluindo picadas de serpentes, cuja mortalidade é superior à de doenças como dengue, cólera e doença de Chagas.

LEIA MAIS

Lançando luz sobre o Grafeno

Grafeno – uma fina membrana formada por camadas de carbono de um ou dois átomos de espessura – é considerado um dos futuros tijolos da nanotecnologia. Ganhando tremenda atenção nos últimos anos, grafeno e combinações de materiais baseados em grafeno, tais como grafeno/nitreto de boro encontram potenciais aplicações em ótica e aparelhos opto-eletrônicos.

LEIA MAIS

LNLS torna-se um fornecedor credenciado do cartão BNDES

Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) acaba de tornar-se um dos fornecedores credenciados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para receber por serviços prestados via cartão BNDES. Ele funciona como um cartão de crédito e permite que microempresários individuais (MEIs) e também micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) paguem pelo uso das estações experimentais (conhecidas como linhas de luz) com condições facilitadas.

LEIA MAIS

Empresas são convidadas a participar do projeto Sirius

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) abriram em setembro a chamada de propostas para seleção pública de empresas paulistas interessadas em participar do desenvolvimento da futura fonte de luz síncrotron brasileira, Sirius.

LEIA MAIS

SALA DE IMPRENSA