Laboratório Nacional
de Luz Síncrotron

English

N Notícias Pesquisadora do LNLS recebe prêmio de melhor tese de doutorado VOLTAR

A pesquisadora do LNLS Ingrid David Barcelos foi agraciada pela Sociedade Brasileira de Física (SBF) com o “Prêmio Professor José Leite Lopes de Melhor Tese de Doutoramento de 2015″ por sua a tese intitulada “Estudo de propriedades estruturais e óticas de heteroestruturas formadas por materiais bidimensionais”.

Ingrid investigou a fabricação de estruturas heterogêneas formadas a partir de dois materiais bidimensionais – grafeno e nitreto de boro hexagonal (hBN). Seu trabalho de doutorado baseou-se no estudo das interações e das propriedades estruturais e óticas desses materiais, e os resultados mostram que é possível integrá-los em sistemas com interfaces bem definidas.

De acordo com Ingrid, a criação de materiais artificiais, que combinam várias propriedades físicas individuais de cada composto, tornam possíveis aplicações inovadoras. Esta abordagem permite criar, por exemplo, novos dispositivos eletrônicos que poderão executar várias funções simultaneamente, mecânicas, eletrônicas e óticas. “Já se pode identificar áreas-chave onde esse tipo de abordagem terá um forte, como materiais nano-compósitos ultra-fortes, dispositivos eletromecânicos e confecção de células solares mais eficientes”.

O prêmio da SBF é concedido a teses que contenham resultados originais que tenham contribuído significativamente para o avanço do conhecimento da natureza e de suas propriedades. Este ano, concorreram ao prêmio 11 trabalhos das áreas de Física Teórica e Experimental, com teses defendidas no período de 2014-2015.

Ingrid, que integra o grupo de Nanoespectroscopia de Infravermelho no LNLS, foi a segunda mulher a conquistar o prêmio da SBF. Sua tese foi orientada pelo Prof. Ângelo Malachias de Souza, do departamento de Física da UFMG.

A tese pode ser acessada aqui. O prêmio também foi matéria do portal da UFMG e do site Minas faz Ciência.