English
História de Pionerismo

A história do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e, portanto, do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) começa na década de 1980, com o primeiro grande projeto da ciência brasileira. Nessa época, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) requisita ao Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF) propostas para a construção de um laboratório dotado de um equipamento científico, que pudesse beneficiar pesquisadores de todo o País.

Dessa forma, em 1982, é iniciado o Projeto Radiação Síncrotron, responsável por desenvolver os estudos de viabilidade do projeto de construção de uma fonte de luz síncrotron, o primeiro equipamento do tipo no Hemisfério Sul.

BIG SCIENCE À BRASILEIRA

Em 5 de dezembro de 1984 é formalmente criado o Laboratório Nacional de Radiação Síncrotron (LNRS). Em janeiro de 1985, um grupo de pesquisadores viaja para o Stanford Synchrotron Radiation Laboratory (SSRL), da Universidade de Stanford (EUA), para desenvolver o projeto conceitual da fonte de luz brasileira.

Em setembro de 1986, o laboratório é renomeado como Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). A implantação do LNLS se inicia no ano seguinte e, em julho de 1987, ele passa a ter como sede um galpão adquirido pelo CNPq, em Campinas, SP. Ali, um grupo de engenheiros, técnicos e pesquisadores começa a projetar e desenvolver os componentes desta complexa máquina.

Em 1990, o Laboratório recebe uma área de 380 mil metros quadrados, cedida pelo Governo do Estado de São Paulo, para a instalação de sua sede definitiva. Em dezembro, antes mesmo da construção da máquina, acontece a primeira Reunião Anual de Usuários do LNLS com o objetivo de discutir as características e prioridades das futuras estações experimentais (chamadas de linhas de luz) que seriam implantadas.

 

1985



Português:
Em janeiro de 1985, um grupo de pesquisadores, liderados por Ricardo Rodrigues, viaja para o Stanford Synchrotron Radiation Laboratory (SSRL), da Universidade de Stanford (EUA), para desenvolver o projeto conceitual de uma fonte de luz síncrotron para o Brasil. A foto mostra, da esquerda para a direita: Helmut Wiedemann (pesquisador do SSRL que supervisionou os brasileiros na ocasião), e os pesquisadores Liu Lin, Hélio Tolentino e Ricardo Rodrigues.

English:
In January 1985, a group of researchers, led by Ricardo Rodrigues, travel to the Stanford Synchrotron Radiation Laboratory (SSRL), at Stanford University (USA), to develop the conceptual project of a synchrotron light source for Brazil. The photo shows, from left to right: Helmut Wiedemann (SSRL researcher that supervised the Brazilians in the occasion), and the researchers Liu Lin, Hélio Tolentino and Ricardo Rodrigues.

1985



Português:
Os pesquisadores voltam com a proposta de uma máquina incluindo um acelerador injetor (booster) e um anel de armazenamento projetado para energia de 2 a até 3 GeV (giga eletron-volts). A foto mostra o diagrama do anel de armazenamento e do sistema de injeção do Projeto 1.

English:
The researchers return with a proposal for a machine including an accelerator booster and a storage ring designed for 2 to 3 GeV (giga electron volts) energy. The photo shows the diagram of the storage ring and the injection system of Project 1.

1986



Português:
A implantação do LNLS é iniciada em uma casa alugada no bairro Jardim Santa Cândida, em Campinas. Nesta primeira sede começam as contratações de alguns físicos, engenheiros e técnicos.

English:
The LNLS’ implementation starts in a rented house in the Jardim Santa Cândida district, in Campinas. In this first headquarters, the hiring of some physicists, engineers and technicians begins.

1987



Português:
O CNPq adquire galpão no bairro Jardim Santa Cândida, que passou a abrigar a equipe do LNLS a partir de julho.

English:
CNPq acquires an industrial warehouse at the Jardim Santa Cândida district, which houses the LNLS team from July on.

1988



Português:
Vista da oficina mecânica e escritórios.

English:
View of the machine shop and offices.

1988



Português:
Maquete da primeira proposta de campus para o LNLS.

English:
Model of the first proposal for the LNLS campus .

1988



Português:
Em 1988, ocorrem os testes do primeiro canhão de elétrons, equipamento responsável pela emissão dos elétrons que são posteriormente acelerados.

English:
In 1988, tests were conducted on the first electron gun, the equipment responsible for the emission of electrons that are later accelerated.

1989



Português:
Em dezembro é concluída a construção de uma parte importante da máquina: o acelerador linear, ou linac, em uma versão com energia de 50 MeV, que emite o primeiro feixe de elétrons.

English:
In December, construction of an important part of the machine is completed: the linear accelerator, or linac, in a version with an energy of 50 MeV, which emits the first beam of electrons.

1989



Português:
O projeto original da fonte de luz síncrotron é revisto: o Booster é removido e a energia de operação do anel de armazenamento é reduzida de 2 para 1,15 GeV (giga elétron volts).

English:
The original design of the synchrotron light source is revised: the Booster is removed and the operating energy of the storage ring is reduced from 2 to 1.15 GeV (giga electron volts).

1990



Português:
Em 19 de fevereiro ocorre a cerimônia de apresentação do acelerador linear, que marca a conclusão da primeira etapa do projeto.

English:
On February 19, the ceremony for the presentation of the linear accelerator takes place, which marks the conclusion of the first stage of the project.

1990



Português:
Equipe do LNLS durante a cerimônia de assentamento da Pedra Fundamental do futuro campus do LNLS, em uma área de 380 mil metros quadrados localizada no Polo de Alta Tecnologia de Campinas. A área foi cedida pelo Estado de São Paulo.

English:
LNLS team during the cornerstone laying ceremony of the future campus of LNLS, in an area of 380 thousand square meters located in the High Technology Hub of Campinas. The area was donated by the State of São Paulo.

1990



Português:
Em 19 de dezembro é feita a primeira foto aérea do campus do LNLS, já com área terraplenada para construção dos prédios.

English:
On December 19, the first aerial picture of the LNLS campus is taken, with the area already leveled for the construction of the buildings.

Equipe do LNLS durante a cerimônia de assentamento da Pedra Fundamental do futuro campus do LNLS, em uma área de 380 mil metros quadrados localizada no Polo de Alta Tecnologia de Campinas. A área foi cedida pelo Estado de São Paulo.

Em 1992 é concluída a montagem da primeira das linhas de luz planejadas para operar na futura fonte de luz brasileira. Essa linha de luz é instalada no Center for Advanced Microstructures and Devices (CAMD), na Universidade da Louisiana (EUA), para permitir a realização dos primeiros testes antes da conclusão da máquina do LNLS.

Em outubro de 1995, a construção do Prédio do Anel, com 6.400 metros quadrados, é concluída e a equipe do LNLS começa a se transferir para o local para o início da instalação do sincrotron. Em maio de 1996 acontece a primeira volta de elétrons no anel de armazenamento. No segundo semestre as primeiras linhas de luz começam a ser instaladas, e em outubro é observada pela primeira vez a luz síncrotron em uma delas.

Finalmente, em primeiro de julho de 1997, a fonte de luz síncrotron do LNLS, chamada UVX, o primeiro acelerador de elétrons desse tipo no Hemisfério Sul, e, até seu descomissionamento, o único em toda a América Latina, é aberta às comunidades de ciência e tecnologia. Na época, UVX contava com sete linhas de luz.

 

1991



Português:
Montagem de um corte de 1/12 do anel de armazenamento de elétrons e de uma linha de luz.

English:
Assembling of a 1/12 section of the electron storage ring and a beamline.

1991



Português:
Funcionários do LNLS apresentam o Linac (acelerador linear) ao Painel Internacional de Avaliação do Projeto.

English:
LNLS staff present the Linac (linear accelerator) to the International Project Review Committee.

1991



Português:
Início da construção do primeiro prédio do campus do LNLS., destinado à fabricação de ímãs.

English:
Beginning of the construction of the first building of the LNLS campus, intended for magnet manufacturing.

1992



Português:
É concluída a montagem da primeira linha de luz, instalada no Center for Advanced Microstructures and Devices (CAMD), na Universidade da Louisiana (EUA). Na foto, Cylon Gonçalves da Silva, Antonio Rubens Britto de Castro, Eize Morikawa, José Geraldo Pacheco e Paulo de Tarso.

English:
The assembly of the first beamline is completed, installed at the Center for Advanced Microstructures and Devices (CAMD), at the University of Louisiana (USA). In the photo, Cylon Gonçalves da Silva, Antonio Rubens Britto de Castro, Eize Morikawa, José Geraldo Pacheco and Paulo de Tarso.

1992



Português:
Vista aérea parcial do campus, com o prédio da fábrica de ímãs já pronto.

English:
Partial aerial view of the campus, with the magnet factory building already completed.

1992



Português:
Turma de estudantes que participaram da primeira edição do Programa Bolsas de Verão: Jorge Jovicich, Bernado Affonso Ferreria, Germano Pinto Guedes e Daniela Zanchet

English:
Class of students who participated in the first edition of the Summer Scholarship Program: Jorge Jovicich, Bernado Affonso Ferreria, Germano Pinto Guedes and Daniela Zanchet

1993



Português:
Construção da fase subterrânea do prédio da fonte de luz síncrotron. O túnel mostrado na foto abriga o canhão de elétrons e o Linac, acelerador linear onde os elétrons começam a ser acelerados.

English:
Construction of the underground phase of the building for the synchrotron light source. The tunnel shown in the photo houses the electron gun and the Linac, linear accelerator where the electrons start to be accelerated.

1993



Português:
Vista aérea do campus do LNLS, em que podem ser vistos o prédio de fabricação de ímãs e a oficina mecânica. Nestes prédios seriam fabricados os componentes da futura fonte de luz.

English:
Aerial view of the LNLS campus, where the magnet manufacturing building and machine shop can be seen. In these buildings the components of the future light source would be manufactured.

1993



Português:
Linha de montagem dos ímãs dipolos do anel de armazenamento da futura fonte de luz síncrotron. Todos os ímãs e grande parte dos demais componentes do acelerador foram fabricados internamente, pela própria equipe do LNLS.

English:
Assembly line for the dipole magnets of the storage ring of the future synchrotron light source. All magnets and most of the other components of the accelerator were manufactured internally by the LNLS team.

1994



Português:
Em 18 de agosto, o prédio da fonte de luz síncrotron começava a ganhar forma.

English:
On August 18, the synchrotron light source building began to take shape.

1995



Português:
Em outubro, a construção do prédio da fonte de luz síncrotron é concluída e a equipe do LNLS começa a se transferir para o local para o início da instalação.

English:
In October, the construction of the synchrotron light source building is completed and the LNLS team starts moving to the site for the beginning of the assembly.

1995



Português:
Desenvolvimento de instrumentação científica para as linhas de luz.

English:
Development of scientific instrumentation for the beamlines.

1995



Português:
Linac, acelerador linear de elétrons, em versão com energia de 100 MeV, instalado no subterrâneo do prédio da fonte de luz síncrotron.

English:
100 MeV linear electron accelerator installed in a tunnel underneath the synchrotron light source building.

1995



Português:
Em novembro acontece a primeira Reunião Anual de Usuários realizada no campus definitivo. Nessa reunião, é anunciado que graças à alta qualidade dos magnetos produzidos pela equipe do LNLS, a energia dos elétrons seria elevada de 1,15 GeV para 1,37 GeV, aumentando o fluxo da radiação síncrotron produzida.

English:
In November, the Annual Users Meeting is held on the new campus for the first time. At this meeting it is announced that thanks to the high quality of the magnets produced by the LNLS team, the electron energy would be raised from 1.15 GeV to 1.37 GeV, increasing the flux of synchrotron radiation produced.

1995



Português:
Visão interna do prédio da fonte de luz síncrotron com os dipolos já assentados.

English:
Internal view of the synchrotron light source building with the dipoles already in place.

1996



Português:
Visão interna do prédio da fonte de luz síncrotron com o anel de armazenamento de elétrons e início da blindagem com blocos de concreto.

English:
Internal view of the synchrotron light source building with the electron storage ring and the beginning of shielding with concrete blocks.

1996



Português:
Ricardo Rodrigues, Ruy H. A. Farias e Cylon Gonçalves da Silva (à frente), Pedro Tavares, Liu Lin, Lúcia Jahnel, Aldo Craeivich, Fernando da Silva Rafael e Carlos Scorzato, na sala de controle da fonte de luz síncrotron, em 1996.

English:
Ricardo Rodrigues, Ruy H. A. Farias and Cylon Gonçalves da Silva (front), Pedro Tavares, Liu Lin, Lúcia Jahnel, Aldo Craeivich, Fernando da Silva Rafael and Carlos Scorzato, in the synchrotron light source control room, in 1996.

1996



Português:
Em maio acontece a primeira volta de elétrons no anel de armazenamento e no segundo semestre as primeiras linhas de luz começam a ser instaladas. Em outubro, é observada pela primeira vez a luz síncrotron em uma das linhas de luz.

English:
May the first return of electrons in the storage ring takes place and in the second half of the year the first beamlines start to be installed. In October, synchrotron light is observed for the first time on one of the beamlines.

1996



Português:
No segundo semestre as primeiras linhas de luz começam a ser instaladas. Em outubro, é observada pela primeira vez a luz síncrotron em uma das linhas de luz. A foto mostra a observação da luz síncrotron durante a 7ª Reunião Anual de Usuários, em novembro do mesmo ano.

English:
In the second semester, the first beamlines begin to be installed. In October, the synchrotron light is observed for the first time on one of the beamlines. The photo shows the observation of the synchrotron light during the 7th Annual Users Meeting, in November.

1997



Português:
Em 1º de julho a fonte de luz síncrotron UVX é aberta à comunidade de ciência e tecnologia. Na época, a fonte contava com sete linhas de luz: estrutura fina da absorção de raios X (XAFS1), espectroscopia de raios X moles (SXS), espalhamento de raios X a baixos ângulos (SAXS1), difração de raios X (XRD1), cristalografia de proteínas (MX1) e duas linhas de espectroscopia no ultravioleta (TGM e SGM).

English:
On July 1 the UVX synchrotron light source is opened to the science and technology community. At the time, the source had seven beamlines: X-ray absorption fine structure (XAFS1), soft X-ray spectroscopy (SXS), small angle X-ray scattering (SAXS1), X-ray diffraction (XRD1), protein crystallography (MX1) and two ultraviolet spectroscopy beamlines (TGM and SGM).

1997



Português:
Em novembro acontece a oitava reunião anual de usuários (RAU), a primeira após o início das operações da fonte de luz. Na época, o evento já contava com comunicações científicas que incluíam resultados experimentais obtidos no LNLS.

English:
In November, the eighth annual users' meeting (RAU) takes place, the first after the beginning of the light source operations. At that time, the meeting already had scientific communications that included experimental results obtained at LNLS.

Em 1º de julho de 1997 a fonte de luz síncrotron UVX é aberta à comunidade de ciência e tecnologia. Na época, a fonte contava com sete linhas de luz.

A SEMENTE DO CNPEM

Paralelamente, o Laboratório deixa de existir como instituto do CNPq e se transforma na primeira instituição científica brasileira a ser administrada por uma Organização Social (OS), uma organização privada sem fins lucrativos, com a criação da Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS).

A associação fica responsável pela gestão do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, sob forma de Contrato de Gestão assinado com o CNPq e Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) em 29 de janeiro de 1998.

 

1998



Português:
Em 1998 é iniciada a implantação do Centro de Biologia Molecular e Estrutural (CeBiME), como um centro de pesquisa associado ao LNLS. Foto mostra primeira equipe do CeBiME no ano 2000.

English:
In 1998, the Center for Molecular and Structural Biology (CeBiME) was established as a research center associated to the LNLS. Picture shows the first CeBiME team in the year 2000.

1999



Português:
Em 22 de fevereiro o Laboratório de Microscopia Eletrônica (LME) é aberto a usuários, com o objetivo de atender áreas emergentes de pesquisa.

English:
On February 22 the Electronic Microscopy Laboratory (LME) is opened to users, aiming to serve emerging areas of research.

1999



Português:
Vista aérea do campus, já com Alojamento de Visitantes, Prédio da Administração, Refeitório, prédio destinado ao CeBIME, entre outros.

English:
Aerial view of the campus, with Guesthouse, Administration Building, Cafeteria, CeBIME building, among others.

2007



Português:
Em dezembro, por decisão do Conselho de Administração, a pedido do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), a ABTLuS passa a incubar o Centro de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE). Foto mostra

English:
In December, by decision of the Board of Directors, at the request of the Ministry of Science and Technology (MCT), ABTLuS starts incubating the Bioethanol Science and Technology Center (CTBE).

2008



Português:
Em 4 de março, é criado o Centro de Nanociência e Nanotecnologia Cesar Lattes – C2Nano, vinculado ao LNLS, com a inauguração do prédio especialmente concebido para abrigar microscópios eletrônicos de alto desempenho.

English:
On March 4, the Cesar Lattes Center for Nanoscience and Nanotechnology - C2Nano is created, associated to LNLS, with the inauguration of the building specially designed to house high performance electron microscopes.

UM BRILHO A MAIS

Entre sua inauguração e descomissionamento, a fonte de luz síncrotron UVX recebeu diversos aprimoramentos, com o objetivo de melhorar a qualidade da luz síncrotron produzida. Além disso, novas estações experimentais foram construídas ao longo dos anos de acordo com as necessidades da comunidade científica, totalizando 18 linhas de luz em 2014.

 

1998



Português:
Vista aérea do campus, já com alojamento, prédio da administração, refeitório e outros. Ainda, novas estações de pesquisa são abertas na fonte de luz síncrotron. A linha de luz XRF dedicada à fluorescência de raios X é comissionada em 1998, e a linha de luz XDR2 de difração de raios X é aberta em 1999.

English:
Aerial view of the campus, with guesthouse, administration Building, cafeteria, and others. Also, new research stations are opened in the synchrotron light source. The XRF beamline dedicated to X-ray fluorescence is commissioned in 1998, and the XDR2 beamline for X-ray diffraction is opened in 1999.

2000



Português:
Instalação do acelerador injetor de 500 MeV, que permitiu aumentar a produção de luz síncrotron pela fonte de luz.

English:
Installation of the 500 MeV injector accelerator, which allowed the light source to increase its synchrotron light output.

2003



Português:
Atualização do sistema de radiofrequência, responsável por aumentar e repor a energia dos elétrons circulantes no acelerador, para que ele pudesse comportar a instalação de dispositivos de inserção, equipamentos que proporcionam uma maior produção de luz síncrotron.

English:
Upgrading the radiofrequency system, responsible for increasing and replenishing the energy of the electrons circulating in the accelerator, so that it could support the installation of insertion devices, equipment that provides greater production of synchrotron light.

2004



Português:
É adquirido o primeiro dispositivo de inserção para o UVX, um Wiggler híbrido multipolar de 2 Tesla. O dispositivo é instalado no anel de armazenamento durante o ano seguinte.

English:
The first UVX insertion device is purchased, a 2 Tesla hybrid multipole Wiggler. The device is installed in the storage ring the following year.

2006



Português:
É concluída a implementação do novo sistema de blindagem e proteção radiológica da fonte de luz síncrotron, melhorando as condições de trabalho dos usuários da fonte de luz síncrotron.

English:
The implementation of the new shielding and radiological protection system of the synchrotron light source is completed, improving the working conditions of the synchrotron light source users.

2006



Português:
Novas estações experimentais foram construídas ao longo dos anos de acordo com as necessidades da comunidade científica: DXAS, dedicada à espectroscopia por absorção dispersiva de raios X, em 2002; XPD, dedicada a difração de raios X em policristais, em 2004; e MX2 (mostrada na foto), dedicada à cristalografia de proteínas, baseada no primeiro dispositivo de inserção da fonte de luz síncrotron, em 2006.

English:
New experimental stations were over the years according to the needs of the scientific community: DXAS, dedicated to dispersive X-ray absorption spectroscopy, in 2002; XPD, dedicated to X-ray diffraction in polycrystals, in 2004; and MX2 (shown in the picture), dedicated to protein crystallography, based on the first insertion device of the synchrotron light source, in 2006.

2012



Português:
Juntamente com investimentos na modernização das linhas de luz, tem início a construção de um novo prédio, anexo ao prédio da fonte de luz síncrotron, o que facilitou o acesso dos funcionários e usuários às instalações.

English:
Along with investments in the modernization of the beamlines, the construction of a new LNLS administrative building, attached to the building of the synchrotron light source, which facilitated the access of employees and users to the facilities.

2011



Português:
Novas estações experimentais foram construídas ao longo dos anos de acordo com as necessidades da comunidade científica: SAXS2, dedicada ao espalhamento de raios X a baixos ângulos, em 2006; XAFS2, dedicada à absorção e fluorescência de raios X, em 2007; e PGM (mostrada na foto), dedicada a espectroscopia de raios X, baseada no segundo dispositivo de inserção da fonte de luz síncrotron, em 2011.

English:
New experimental stations were over the years according to the needs of the scientific community: SAXS2, dedicated to small angle X-ray scattering, in 2006; XAFS2, dedicated to X-ray absorption and fluorescence, in 2007; and PGM (shown in the picture), dedicated to X-ray spectroscopy, based on the second insertion device of the synchrotron light source, in 2011.

2013



Português:
Novas estações experimentais foram construídas ao longo dos anos de acordo com as necessidades da comunidade científica: IMX, dedicada a tomografia de raios X, em 2012; XDS (mostrada na foto), dedicada a difração e espectroscopia de raios X, baseada no terceiro dispositivo de inserção da fonte de luz síncrotron, em 2013; e IR1, dedicada espectroscopia no infravermelho, em 2014.

English:
New experimental stations were over the years according to the needs of the scientific community: IMX, dedicated to X-ray tomography, in 2012; XDS (shown in the picture), dedicated to X-ray diffraction and spectroscopy, based on the third insertion device of the synchrotron light source, in 2013; and IR1, dedicated to infrared spectroscopy, in 2014.

 

UM CENTRO DE PESQUISAS EM ÁREAS ESTRATÉGICAS

Em 2009, o campus assume o nome de Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), e os centros de pesquisa até então vinculados ao LNLS tornam-se Laboratórios Nacionais. Assim, o CNPEM passa a comportar três Laboratórios Nacionais: o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), e o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), que em 2019 seria renomeado Laboratório Nacional de Biorrenováveis (LNBR), com a diversificação de suas áreas de atuação.

Mais tarde, em 2011 a partir de três unidades anteriormente vinculadas ao LNLS – o Laboratório de Microscopia Eletrônica, o Laboratório de Microscopia de Tunelamento e Força Atômica e o Laboratório de Microfabricação – é criado o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) que passa a fazer parte do CNPEM.

Visão aérea do campus em 2011 com seus quatro Laboratórios Nacionais, agora reunidos sob o nome de Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM).

NASCE UMA ESTRELA

Cerca de uma década após a inauguração do UVX, os usuários do Laboratório já destacavam a necessidade de se iniciar os estudos sobre uma nova fonte de luz síncrotron de baixa emitância. Em 2006 é feita a recomendação no plano diretor da ABTLuS para a criação de uma força-tarefa que iniciaria os estudos dessa nova fonte, provisoriamente chamada LNLS-2. Um relatório é enviado ao MCT e, com a aprovação e a alocação dos primeiros recursos financeiros, os estudos continuam.

Em 2009 são realizados eventos com usuários para se debater características da nova fonte de luz síncrotron. É definida a energia dos elétrons em 3 GeV, e alguns dos parâmetros básicos essenciais para o desenvolvimento do primeiro projeto básico. Em 2010, após concurso interno, o projeto LNLS-2 é renomeado Sirius, a estrela mais brilhante do céu noturno. Há avanços nas definições do projeto e se inicia a busca por uma área apropriada para obras civis necessárias à instalação da nova fonte de luz.

Em 2012, o primeiro projeto do Sirius, classificado anteriormente como de terceira geração, é apresentado a um comitê internacional de especialistas, que recomenda um equipamento mais ousado. O Sirius é redesenhado e o projeto indica a possibilidade de se chegar à menor emitância do mundo em sua classe de energia. Sirius passa a ser considerado pioneiro entre as fontes de luz síncrotron da quarta geração, ao lado da fonte sueca MAX-IV.

 

2008



Português:
Em 2008, tem-se o início dos estudos preliminares para construção de uma nova fonte de luz síncrotron para o LNLS, provisoriamente chamada LNLS-2. O primeiro conceito é entregue ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a continuidade desses estudos é aprovada.

English:
In 2008, preliminary studies for the construction of a new synchrotron light source for LNLS are started, provisionally called LNLS-2. The first concept is delivered to the Ministry of Science, Technology and Innovation (MCTI) and the continuation of these studies is approved.

2011



Português:
Concepção artística mostra como seria o prédio de Sirius, a nova fonte de luz síncrotron brasileira. O projeto da época previa uma fonte de luz de terceira geração, que posteriormente foi redesenhada como um equipamento ainda mais moderno.

English:
Artistic conception shows how the building of Sirius, the new Brazilian synchrotron light source, would look like. The project at the time was for a third generation light source, which was later redesigned as an even more modern facility.

2012



Português:
Em 2012, o primeiro projeto desenvolvido para o Sirius é apresentado a um comitê internacional de especialistas. Convidado para avaliar o projeto, o comitê então recomenda um equipamento mais ousado, que estivesse na vanguarda tecnológica e que pudesse se manter competitivo por muitos anos. O LNLS aceita o desafio proposto e concentra seus esforços no desenho de um novo projeto.

English:
In 2012, the first design developed for Sirius is presented to an international committee of experts. Invited to evaluate the project, the committee then recommends a bolder equipment that would be at the forefront of technology and that could remain competitive for many years. LNLS accepts the proposed challenge and concentrates its efforts on designing a new project.

2014



Português:
Antes classificado como uma fonte de luz síncrotron de terceira geração, Sirius é redesenhado para que o equipamento produza a luz síncrotron mais brilhante do mundo em sua categoria de energia. Assim, Sirius passaria a ser considerado pioneiro da quarta geração, ao lado da fonte de luz MAX-IV, na Suécia. Tal aperfeiçoamento demanda revisões nos projetos das obras civis, dos aceleradores de elétrons e de suas estações experimentais.

English:
Previously classified as a third-generation synchrotron light source, Sirius is redesigned so that the equipment produces the brightest synchrotron light in the world in its energy category. Thus, Sirius would be considered a pioneer of the fourth generation, alongside the MAX-IV light source in Sweden. Such an improvement demands revisions in the designs of the construction works, the electron accelerators and their experimental stations.

2014



Português:
Planta do pavimento térreo.

English:
Ground floor plan.

Antes classificado como uma fonte de luz síncrotron de terceira geração, Sirius é redesenhado para que o equipamento produza a luz síncrotron mais brilhante do mundo em sua categoria de energia.

MÃOS À OBRA

Em 2013, uma área de 150.000 m², adjacente ao campus do CNPEM, é desapropriada pelo Governo do Estado de São Paulo para construção do Sirius. No ano seguinte são concluídas as obras de terraplenagem e, em 19 de dezembro, ocorre a cerimônia de lançamento da pedra fundamental das edificações que abrigarão a nova fonte de luz.  Em janeiro de 2015 dá-se o início efetivo das obras de construção. Ao final do ano, quase 20 por cento das obras civis estavam completas.

Em 2017 as obras civis alcançam 75% de conclusão, com destaque para a execução bem-sucedida da fase mais crítica da construção: a implantação do piso especial sobre o qual posteriormente foram instalados os aceleradores e as linhas de luz.

Entre 2017 e 2018 acontece a maior parte da fabricação de componentes dos aceleradores de elétrons e das linhas de luz do Sirius por empresas brasileiras, a partir dos projetos desenvolvidos pelas equipes do CNPEM.

Em 2018 são finalizadas as obras civis e dá-se início à instalação dos equipamentos no prédio do Sirius.

 

2014



Português:
Conclui-se as obras de terraplenagem e o projeto executivo das edificações do Sirius.

English:
The earthworks and the executive project for the Sirius buildings are completed.

2015



Português:
Em janeiro de 2015, com a conclusão da terraplenagem e do projeto executivo, são iniciadas as obras de construção.

English:
In January 2015, with the completion of the earthworks and the executive project, the construction works began.

2016



Português:
Ao final do ano, são completados quase 20% das obras do Sirius.

English:
At the end of the year, almost 20% of the Sirius construction works are completed.

2017



Português:
Recolocação do solo modificado na região do piso dos aceleradores, em abril de 2017.

English:
Replacement of the modified floor in the region of the accelerator floor, in April 2017.

2017



Português:
Operários trabalham na preparação da estrutura metálica para a concretagem do piso especial na região dos aceleradores do Sirius, em julho de 2017.

English:
Workers prepare the metal structure for the concreting of the special floor in the region of the Sirius accelerators, in July 2017.

2017



Português:
Construção do primeiro trecho da blindagem dos aceleradores.

English:
Construction of the first stretch of the shielding of the accelerators.

2017



Português:
Imagem interna do hall experimental em finalização.

English:
Internal image of the experimental hall being finalized.

Imagem panorâmica do hall experimental do Sirius praticamente pronto.

Primeiramente é realizada a instalação do acelerador linear, e, em 8 de maio de 2018, o primeiro feixe de elétrons percorre com sucesso toda sua extensão. Em seguida, tem início a instalação de componentes do acelerador injetor, chamado de booster, e do anel de armazenamento. Em 11 de novembro, este processo culmina na chegada do primeiro feixe de elétrons na entrada do booster.

Poucos meses depois, em 8 de março de 2019, ocorre a primeira volta completa de elétrons no booster. Mais tarde, em 22 de novembro, é alcançada a primeira volta de elétrons no anel de armazenamento.

Este marco demostra que milhares componentes, como ímãs, câmaras de ultra-alto vácuo e sensores funcionavam de modo sincronizado, e que toda a estrutura, incluindo peças de centenas de quilogramas, havia sido alinhada dentro dos padrões micrométricos necessários para se controlar a trajetória das partículas suficientes para a primeira fase de comissionamento. A partir daí estes parâmetros dos aceleradores e linhas de luz vêm sendo constantemente melhorados para atingirem os requisitos de projeto.”

 

2018



Português:
Imagem panorâmica do hall experimental do Sirius praticamente pronto.

English:
Panoramic image of the experimental hall of Sirius, near its conclusion.

2018



Português:
Equipe do LNLS e do SINAP (Shanghai Institute of Applied Physics) no momento da geração do primeiro feixe de elétrons no acelerador linear do Sirius.

English:
LNLS and SINAP (Shanghai Institute of Applied Physics) teams at the time of the generation of the first electron beam in the Sirius' linear accelerator.

2018



Português:
Início da montagem do acelerador injetor (booster) do Sirius.

English:
Beginning of the assembly of Sirius' injector accelerator (booster).

2018



Português:
Montagem do monocromador de raios X de uma das estações experimentais.

English:
Assembly of the X-ray monochromator of one of the experimental stations.

2018



Português:
Profissionais do CNPEM verificam a qualidade dos ímãs que compõem os aceleradores.

English:
CNPEM professionals verify the quality of the magnets that are components of the accelerators.

2018



Português:
Detalhe do protótipo de ondulador, uma das estruturas responsáveis pela geração da luz síncrotron.

English:
Detail of the ondulator prototype, one of the structures responsible for generating synchrotron light.

2018



Português:
Processo de instalação das câmaras de vácuo do acelerador principal. A equipe veste roupas especiais para evitar a contaminação dos componentes em vácuo por poeira e outros particulados.

English:
Installation process for the vacuum chambers of the main accelerator. The team wears special clothes to avoid contamination of the vacuum components by dust and other particulates.

2019



Português:
Equipe realiza ajustes nos aceleradores durante comissionamento.

English:
Team makes adjustments in the accelerators during commissioning.

2019



Português:
Equipe do CNPEM trabalha na instalação de equipamentos do sistema de radiofrequência, relacionado à aceleração dos elétrons no Sirius.

English:
CNPEM team works on the installation of equipment of the radio frequency system, related to the acceleration of electrons in Sirius.

2019



Português:
Visão interna da blingadem com os aceleradores de elétrons já instalados.

English:
Internal view of the shielding with the electron accelerators already installed.

Visão interna da blingadem com os aceleradores de elétrons já instalados.

Novas Luzes!

Rapidamente, em 14 de dezembro, a equipe conseguiu, pela primeira vez, manter elétrons circulando no acelerador principal por várias horas, condição essencial para a produção de luz síncrotron com a qualidade adequada para a realização de experimentos científicos.

Assim, apenas dois dias depois, a equipe do CNPEM obtém as primeiras imagens com raios X gerados pelo Sirius. Tal conquista foi possível com a chegada da luz síncrotron pela primeira vez em uma estação de pesquisa montada provisoriamente para testes, e demonstrou o potencial da ferramenta para a geração de imagens com alta resolução, mesmo que ainda a uma potência milhares de vezes  inferior à projetada para a máquina.

Mais tarde, em julho de 2020, pesquisadores do CNPEM realizaram os primeiros experimentos científicos do Sirius na linha de luz MANACÁ, a primeira estação a entrar em funcionamento, para avaliar a qualidade dos resultados gerados pela linha de luz. Uma das primeiras amostras analisadas foi a proteína 3CL do coronavírus SARS-CoV-2, que participa do processo de replicação do vírus dentro do organismo durante a infecção e é imprescindível para seu ciclo de vida.

Em julho de 2020, pesquisadores do CNPEM realizaram os primeiros experimentos científicos do Sirius na linha de luz MANACÁ.

Em setembro, mesmo em fase de comissionamento científico e realizando experimentos ainda em condições limitadas, a MANACÁ foi disponibilizada para pesquisadores experientes em cristalografia de proteínas para que pudessem contribuir para entendimento molecular do coronavírus. Em 21 de outubro de 2020, a linha de luz MANACÁ passou a aceitar propostas de pesquisa de outros objetos de estudo, além das relacionadas à Covid-19.

No ano seguinte, em outubro de 2021, cinco novas estações de pesquisa – CARNAÚBA, CATERETÊ, EMA, IPÊ e IMBUIA – passaram a receber propostas de investigação de pesquisadores externos. Na ocasião, também foram entregues laboratórios de apoio e a unidade de processamento de dados, equipada com supercomputadores.

 

2019



Português:
Reconstrução tridimensional de uma rocha carbonática, que tem a mesma composição das rochas de reservatórios de petróleo do pré-sal brasileiro. Uma das primeiras imagens produzidas em uma das linhas de luz do Sirius, ainda em caráter de testes.

English:
Three-dimensional reconstruction of a carbonate rock, which has the same composition of the rocks in the Brazilian pre-salt oil reservoirs. One of the first images produced in one of Sirius' beamlines, still under test conditions.

2020



Português:
Equipe do CNPEM monta a linha de luz Manacá.

English:
CNPEM team assembles the Manacá beamline.

2020



Português:
Pesquisadoras do CNPEM trabalham nos primeiros experimentos científicos realizados no Sirius.

English:
CNPEM researchers work in the first scientific experiments performed at Sirius.

2020



Português:
Visão do hall experimental do Sirius durante a instalação das primeiras linhas de luz.

English:
View of Sirius' experimental hall during the assembly of the first beamlines.

A equipe do CNPEM se dedica agora a alcançar correntes elétricas cada vez mais altas nos aceleradores de elétrons, necessárias para se produzir luz síncrotron de intensidade suficiente para a realização de experimentos científicos avançados.