Laboratório Nacional
de Luz Síncrotron

English

NOTÍCIAS

VOLTAR

 

 

Inscrições abertas para a 6ª Escola de SAXS

 A 6ª Escola de SAXS será realizada de 17 a 20 de outubro de 2017 no Laboratório Nacional de Luz Sincrotron e destina-se a estudantes de pós-graduação e cientistas em início de carreira.O principal objetivo da escola é proporcionar a jovens cientistas que desenvolvem suas pesquisas em áreas relacionadas à Biologia, Ciências Físicas, Ciências de Materiais e Química, uma oportunidade de contato teórico e experimental com a técnica de Espalhamento de Raios X a Baixos Ângulos (SAXS, na sigla em inglês).O curso oferecerá uma visão geral da teoria de SAXS, ferramentas de tratamento e análise de dados, bem como técnicas de modelagem. Ele incluirá tutoriais e experiências práticas nas instalações de SAXS do LNLS.As inscrições serão recebidas até o dia 11 de setembro de 2017, através do site.

LEIA MAIS

1ª EBS prepara pesquisadores no uso de técnicas com síncrotron em múltiplas áreas de pesquisa

A primeira edição da Escola Brasileira de Síncrotron: Fundamentos e Aplicações foi realizada pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) entre os dias 10 e 21 de julho de 2017, no campus do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas. O evento contou com a participação de 95 alunos, sendo 91 brasileiros e 4 estrangeiros. A Escola, voltada para a capacitação na área de técnicas de luz síncrotron, recebeu desde graduandos a docentes e profissionais de diversas áreas de pesquisa e atuação.

LEIA MAIS

Ciência Aberta no CNPEM comemora 30 anos do LNLS

No último sábado, 1º de julho, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) abriu suas portas em mais uma edição do evento Ciência Aberta. Este ano o evento celebrou os 30 anos do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron com visitas guiadas pelos quatro Laboratórios Nacionais para que o público pudesse conhecer bem de perto as pesquisas e áreas de atuação do Centro.

LEIA MAIS

Aumentando a estabilidade de Lactase para aplicações industriais

A lactose é o principal carboidrato presente no leite. Para ser digerida e absorvida pelo organismo, ela precisa quebrada em seus constituintes: glicose e galactose. A quebra é catalisada por uma enzima chamada lactase, produzida especialmente para a digestão do leite materno no intestino delgado de mamíferos jovens.

A produção desta enzima diminui com o passar do tempo, tornando o organismo progressivamente incapaz de digerir a lactose. Assim, apesar do hábito social de se consumir leite de outros animais e seus derivados após a infância, cerca de 65% da população mundial apresenta algum grau de intolerância à lactose.

LEIA MAIS

Efeitos Eletrônicos na Oxidação do Etanol

Em motores à combustão interna, diversas substâncias tóxicas – como $\rm CO$, $\rm NO_2$ – são produzidas devido à quebra incompleta dos combustíveis. Ao diminuir a energia de ativação necessária para que a combustão completa aconteça, catalisadores auxiliam na quebra desses produtos em gases menos tóxicos – como gás carbônico ($\rm CO_2$), metano ($\rm CH_4$).

Ainda assim, $\rm CO_2$ e $\rm CH_4$ produzidos principalmente por ação humana são atualmente considerados os responsáveis pela elevação na temperatura média do planeta, que leva à intensificação de episódios climáticos extremos. Dessa forma, tem se intensificado a busca por fontes de energia mais eficientes que possam reduzir significativamente ou mesmo anular a emissão desses gases.

LEIA MAIS

Estrutura Cristalina de proteína essencial ao vírus Zika

Embora inicialmente descrito como uma versão moderada da dengue, o surto do vírus Zika (ZIKV) nas Américas inesperadamente revelou impactos neurológicos importantes como microcefalia fetal ou outros danos cerebrais congênitos quando as mulheres são infectadas durante a gravidez e síndrome de Guillain-Barre (uma doença em que o sistema imunológico do corpo danifica os nervos) em adultos. Pode ser transmitida tanto pelo vetor inseto quanto pelo contato sexual. Este surto tornou-se uma ameaça à saúde global, de epidemiologia complexa e impactos neurológicos devastadores, exigindo, portanto, esforços urgentes para o desenvolvimento de novos medicamentos antivirais eficazes e seguros.

LEIA MAIS

Sirius já tem mais de 50% das obras civis concluídas

O Sirius – novo acelerador de elétrons do Centro Nacional de Pesquisa em Energia de Materiais (CNPEM) – considerado o projeto mais sofisticado da ciência brasileira – já tem mais da metade das suas obras concluídas. A construção civil deverá ser finalizada no final deste ano e a previsão da inauguração da fonte de luz é 2018, quando o primeiro feixe de elétrons deverá passar pelo acelerador.

LEIA MAIS

De Olho (e Músculos) nos Fósseis de Peixes

Tudo o que sabemos sobre os seres vivos que viveram há milhares e milhões de anos vem dos fósseis que eles deixaram para trás. A formação de fósseis é um fenômeno extremamente raro. Ela depende do soterramento do organismo, de processos químicos responsáveis pela sua conservação e da não destruição do fóssil resultante por processos geológicos posteriores.

LEIA MAIS

Diretor do LNLS é diplomado membro da Academia Brasileira de Ciências

Antônio José Roque da Silva, Diretor do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e Professor Titular da Universidade de São Paulo (USP), foi diplomado membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC) em cerimônia na Escola Naval, no Rio de Janeiro, em 9 de maio.

LEIA MAIS

Inscrições abertas para a 27ª Reunião Anual de Usuários

As inscrições estão abertas para a 27ª Reunião Anual de Usuários (RAU) do LNLS, que acontecerá de 22 a 24 de novembro de 2017, no campus do CNPEM em Campinas, SP.

Os interessados em participar devem preencher e enviar o formulário de inscrição disponível no site até o dia 10 de Junho (aos que desejam solicitar auxílio financeiro) ou 21 de Agosto (a todos os demais).

Reunião Anual dos Usuários é um evento organizado pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e que reúne os pesquisadores que utilizam a infraestrutura do LNLS para a realização de suas pesquisas, com o intuito de avaliar resultados científicos e debater questões relevantes para o desenvolvimento contínuo da instituição.

LEIA MAIS

SALA DE IMPRENSA